Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/discove1/public_html/news/header.php:4) in /home/discove1/public_html/news/header.php on line 9

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/discove1/public_html/news/header.php:4) in /home/discove1/public_html/news/header.php on line 9
discoverazores.org

Apaixonei-me por Portugal através do cinema

2016-01-19

Apaixonei-me por Portugal através do cinema de autor

Foi há 25 anos atrás que vi o meu primeiro filme português, numa casa de cinema, num festival internacional de cinema no Canadá. Não me lembro exactamente em qual auditório da cidade de Toronto, mas nunca me esquecerei do filme: Recordações da Casa Amarela de João César Monteiro. Fiquei viciado.  

Estar longe de Portugal e ver imagens, ouvir sons e a língua portuguesa num grande ecrã; estar rodeado de pessoas, que na sua maioria não sabiam nada de Portugal, ou construir uma frase na língua portuguesa foi memorável.

Lembro-me de ficar emocionado com esta experiência e lembro-me de querer mais: mais imagens de Portugal, mais cinema português. Mas ver filmes portugueses no Canadá, bem como em muitos outros países, não é fácil. Esperar todos os anos pelo festival internacional de cinema, para que eu tivesse a oportunidade de ver um, por vezes, dois filmes de Portugal, não era o suficiente para mim.

Dez anos passaram e, através dos filmes em DVD, promovidos pelo Instituto de Camões no estrangeiro, conheci o trabalho do cineasta português Luis Filipe Rocha e o filme Adeus Pai (1996), em que, coincidentemente, a história retrata um jovem que, para conhecer melhor seu pai, fá-lo através de uma viagem aos Açores. Para mim, que via Portugal como o tal pai que nunca conheci propriamente, foi marcante. No lugar de começar a sonhar, decidi fazer uma viagem, já que ver cinema de autor num pequeno ecrã não é suficiente. Comecei a visitar, cada vez, mais Portugal e a alimentar-me da sua cultura, do seu cinema; comecei a ir ao teatro, a visitar os museus. Aí, apaixonei-me pelo país dos meus pais - um país que até para eles continua desconhecido, ao viverem numa ilha no meio do Atlântico.

Os anos passaram e agora invisto grande parte do meu tempo nas ilhas dos Açores. Através da associação MiratecArts, e com recursos básicos, tento desenvolver a cultura artística e mostrar em Portugal e no mundo, o que se faz nas ilhas. Este ano, aconteceu mais uma grande coincidência: Luis Filipe Rocha estava prestes a lançar seu novo filme, Cinzento e Negro, onde uma das personagens principais é a montanha da ilha do Pico, e eu a apresentar um festival de temática montanha na ilha do Pico. Fiz-lhe logo o convite, e para meu espanto, a resposta foi positiva.

Assim, no passado fim de semana, no Auditório do Museu dos Baleeiros nas Lajes do Pico, Luis Filipe Rocha apresentou o seu novo trabalho. Com o público, depois da sessão do filme, conversámos sobre as imagens, as personagens, as emoções, o cinema português de autor - tal e qual me lembro de acontecer, naquela noite, do festival de cinema em Toronto. Mas não estamos em Toronto, estamos na ilha do Pico, Açores, uma região autónoma de Portugal. E aqui, também, há muita necessidade de conhecermos o nosso Portugal.

Espero que a Fado Filmes consiga lançar o filme Cinzento e Negro em todos os cantos do mundo para que, assim, outras pessoas (como eu há duas décadas atrás) se possam apaixonar por Portugal, pelos Açores: apaixonar-se através desta grande obra cinemática portuguesa. Somos um país rico em histórias e ainda mais rico em imagens e em emoções. Vamos dar-lhes o devido valor, porque não há nada melhor que a paixão.

Terry Costa
Diretor Artístico, MiratecArts

FADO FILMES - CINZENTO E NEGRO

Foto em anexo: Realizador Luis Filipe Rocha e Terry Costa;  crédito: Kreatiphoto


DEIXE A SUA OPINIÃO
LEAVE YOUR OPINION

OUTRAS NOTÍCIAS
OTHER NEWS

Vitor Oliveira do AnimaPIX ao WB Festiva...

2017-12-10 23:07:02

AnimaPIX promete mais oportunidades no futuro ...

LER +

Anime encerra AnimaPIX

2017-12-02 09:41:16

Anime, o melhor do cinema japonês apresen...

LER +