Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/discove1/public_html/news/header.php:4) in /home/discove1/public_html/news/header.php on line 9

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/discove1/public_html/news/header.php:4) in /home/discove1/public_html/news/header.php on line 9
discoverazores.org

Tcheka estreia nos Açores

2017-09-03

Tcheka estreia nos Açores no Festival Cordas


É cantor, compositor e guitarrista. É mais conhecido pelo seu trabalho de transpor o género musical tradicional batuque à guitarra eletro-acústica. Vem pela primeira vez aos Açores para participar no Festival Cordas, a acontecer de 10 a 17 de setembro na vila da Madalena, Pico. O cabo verdiano mais falado nos festivais de músicas do mundo vem ao ponto mais alto de Portugal. Chama-se Tcheka, é nativo de Santiago, Cabo Verde, e apresenta-se em concerto a solo no Auditório da Madalena, segunda-feira, 11 de setembro pelas 21h30.

Tcheka criou um estilo único e requintado que é um testemunho das influências globais que abraçou. Acabou de lançar o tão esperado quinto álbum, Boka Kafé, composto por peças a solo que destacam sua forma inimitável e seu domínio na guitarra e vocais inconfundíveis. O trabalho a solo conta com produção do conceituado pianista português Mário Laginha que só lhe oferece elogios. "Acho que ele é um músico único e absolutamente singular, ninguém toca guitarra como ele, ninguém canta como ele. Ouvi e fiquei fascinado".

Tcheka é, sem dúvida, um jovem mestre de uma arte que ele próprio inventou e, como qualquer verdadeiro mestre, sua essência é impossível de entender e muito menos definir. Ele não é nem modernista, nem tradicionalista e a sua música resiste a qualquer categorização ou comparação. Ao fazer referência a vários géneros cabo-verdianos (batuku, funaná, finason, tabanka, morna e coladera), a música de Tcheka é, também, uma interseção do pop e das formas tradicionais como o folk, o jazz, os blues, e o rock do Caribe e do Brasil. Talvez o que Tcheka apresenta é uma visão totalmente nova do que significa ser crioulo na era da globalização. 

Sendo assim, as audiências na Madalena do Pico tem uma oportunidade única de passarem uma noite íntima com este grande nome de músicas do mundo, antes do músico seguir para Chicago. www.festivalcordas.com 


DEIXE A SUA OPINIÃO
LEAVE YOUR OPINION

OUTRAS NOTÍCIAS
OTHER NEWS

Vitor Oliveira do AnimaPIX ao WB Festiva...

2017-12-10 23:07:02

AnimaPIX promete mais oportunidades no futuro ...

LER +

Anime encerra AnimaPIX

2017-12-02 09:41:16

Anime, o melhor do cinema japonês apresen...

LER +