Zé Duarte
Cantor | Pico (EUA)

Zé Duarte, nasceu na ilha do Pico onde já novo tinha uma paixão pela música actuando em grupos musicais tais como "Os Ilhéus" e "Pedras Negras". Estudou no Liceu da Horta onde actuou com amigos do Liceu e concorreu ao programa "Prata da Casa" pela cidade da Horta num concurso no Vilare em Lisboa. Também concorreu ao Festival da Canção a nível Nacional. Após os estudos volta ao Pico para leccionar como professor de Biologia no Externato das Lajes do Pico. Dedica-se então a canções originais escritas por seu pai, apresentando a primeira canção "Baleia, Baleia" que ainda hoje é reconhecida como um símbolo tradicional da cultura Açoriana. Emigra para os Estados Unidos em 1984 continuando com a sua música original onde grava cinco albusn com mais de 30 cancões, consideradas como um livro histórico sobre os Açores mas em musica porque retracta a primeira emigração Açoriana em "Baleeiras" e a emigração em geral em “Porque partes emigrante?”, mostra a nossa fé atraves do "Espírito Santo", sente como vivemos rodeados de "Pedras Negras" alem do amor paterno cantando com sua filha "Gosto de Ti" canta tambem à natureza em “Montanha bonita” ou “Açores Floridos” e “Cagarro” usando a nossa termenologia tal como o ultimo trabalho de 2015 de “Haja saude” e traz-nos um sabor a musicas populares Açorianas com um "Mix Açoreano" entre muitas outras. Hoje em dia Zé Duarte faz espectáculos com a sua música original, regional, fado e ventriloquismo para uma boa disposição.
Zé Duarte was born in the island of Pico where, at a young age, already had a passion for music, performing in different musical groups like “Os Ilhéus”, and “Pedras Negras”. He attended high school at “Liceu da Horta” where he performed with some friends. He competed on the show “Prata da Casa” representing the city of Horta in Vilare, Lisbon . Also he competed at the “Festival da Canção” at the National level. After finishing school, he came back to Pico to become a for Biology teacher at the High School of Lajes do Pico. Still dedicated to music, he composed original songs written by his father, including “Whale, Whale”, that still today is recognized as a traditional symbol of the Azorean culture. Zé immigrated to the United States in 1984, continuing with his original music. He recorded five albums, the last work is considered to be a historical book about the Azores because it puts the Azorean immigration of “whalers” through our ancestors in perspective, brings up roots of the “Holy Spirit”, shows how we live surrounded by “Black Stones”, brings us a flavor of our Azorean popular music in “Azorean Mix”, and showing the love between a father and his daughter, singing together “I like You”. Lately he recorded “O Cagarro” “O pai da letra” and “Haja Saude”. Zé Duarte puts out shows with his original music, regional music, Fados, and ventriloquism.

CONHEÇA OUTROS ARTISTAS
MEET OTHER ARTISTS

ilhasCook
Designers e muito mais
Faial
DJ Rudy Neves
DJ / Produtor
Pico